Muriqui

Muriqui é um distrito do município de Mangaratiba, situado no litoral da região Metropolitana do Rio de Janeiro.

A praia de Muriqui é extensa e apresenta muitos quiosques em sua orla. O mar é calmo e raso, apropriado para crianças. Algumas pessoas dizem, equivocadamente, que suas águas não são limpas. Na verdade, tal confusão se deve ao fato de que a faixa de areia coberta pela água é típica da região: fina e brilhosa como purpurina, apresentando coloração grafite, cor refletida na água.

O distrito e a praia ficam bastante agitados no verão e nos feriados e a noite é animada por músicas na orla e gastronomia variada na praça principal, destacando-se também a feira de artesanato sempre presente nos verões.

 


História

Muriqui é o Distrito mais jovem e o mais populoso do município de Mangaratiba. Em meados dos anos 50 iniciaram-se os loteamentos na região que antes consistia de propriedades rurais e uma pequena vila de pescadores. Inicialmente a região pertencia ao distrito de Itacuruçá, mas logo após o loteamento foi desmembrado. Tendo seu nome originado do macaco mono-carvoeiro, que era abundante em suas matas, e hoje em dia se torna raro.

Várias cachoeiras se escondem por sua serra e desembocam em dois rios, um em cada extremidade da praia. A praia tem a extensão de 1200 metros (parte urbanizada), sendo que após cada rio, há trechos de praias não urbanizadas. Tendo o seu fundo um pouco lodoso, e tendo suas águas bastante frequentadas, este lodo se mistura com a água, tornando-a escura, o que faz com que erroneamente digam que é suja. Apesar de seus rios sofrerem com o despejo clandestino de esgoto, a praia em sua maioria das vezes se encontra própria para banho.